Eugenio Tavares.org Biografia e Obra    
 
Entrada do Sitio Contactos
 
Eugénio Tavares
Pesquisar EugenioTavares.org Notícias de eventos culturais relativos a Eugénio Tavares A Obra Factos biográficos

Visita de desagravo pelo Governador Guedes Vaz a Eugénio Tavares

Em 1927 o Governador Guedes Vaz vai à Brava numa visita de cortesia e de desagravo a Eugénio Tavares. O Governo achou chegada a hora de apresentar ao Poeta um desagravo da Província, por tanto sofrimento causado em períodos de governação anteriores.

Vinha convidá-lo a viajar até à Ilha de São Vicente, para um encontro de Poetas e uma homenagem nacional a Eugénio, José Lopes, Pedro Monteiro Cardoso e Januário Leite.

O Poeta e o Governador Guedes Vaz, durante a visita de desagravo 

À sua chegada a São Vicente, um grande número de admiradores e muito público aguardaram Eugénio no cais, e foi tanta a emoção que uma multidão entusiástica levou o Poeta em ombros do cais até à Câmara Municipal. A marcha triunfal foi recheada de "vivas aos nossos poetas", elogiando os homenageados. Decorreu então uma Sessão Solene cheia de discursos eloquentes e louvores aos poetas.

Seguiram-se depois recepções diversas, e por fim uma serenata em que tomaram parte estudantes e muita juventude, entre os quais o professor Alberto Leite, que cantou algumas das mais belas mornas de Eugénio.

Da janela da casa de sua sobrinha Henriqueta Sena, onde se hospedara, Eugénio pediu uma guitarra e cantou as mais recentes mornas da sua autoria. Foi um delírio perante uma multidão que continuava rodeando o trovador. De realçar o encontro de José Lopes e Eugénio, grandes amigos e admiradores de sempre. Honra ao povo de Cabo Verde, que sempre acarinhou e exaltou os seus poetas.

Informações adicionais



Eugénio Tavares e José Lopes no encontro de homenagem aos poetas caboverdianos

 

 

Página anterior  Topo  Página seguinte
Biografia  Obra  Contactos  Notícias  Pesquisar
© 2004-2013 Todos os direitos reservados | Eugénio Tavares.org